GIRABOLA. LIBOLO TROPEÇA E ATRASA-SE NA CORRIDA

Partilha e cria impacto...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

image

 

Por: Bruno Arrobas 

A faltarem três jornadas para o fim, o “Girabola Zap” continua a ser motivo de conversa um pouco por todo o país, sem nada decidido, quanto ao campeão, bem como aos três rebaixados, embora o F.C Porcelena seja a única equipa com um pé na segunda divisão.

Neste fim-de-semana disputou-se a jornada 27, uma ronda em que tivemos de tudo, emoções, suspense, tristeza e muitas vitaminas… os golos; foi realmente um filme, e como sempre, trazemos toda a história de mais um capítulo da saga “Girabola Zap 2016”.

 

Tudo começou na sexta-feira (14) em Luanda, “11 de Novembro” foi o palco do show entre águias e polícias, com pouca plateia, as duas equipas desceram ao tapete para jogarem mais pela honra, e foi o Interclube que aos 4′ por Moco abriu a contagem, mas a reviravolta encarnada teve dois rostos, Beby (1) e o polaco Jaceck Magdzinski (2). Um jogo sem muita história, valeu os quatro golos do dia.

E no outro dia, sábado, foi disputado o grosso da jornada, quatro jogos no total, Benguela, Lunda-Sul, Kwando Kubango e Luanda foram as províncias onde a bola girou; No Lobito-Benguela, jogaram Académica Vs Desportivo da Huila; jogos de aflitos, já que as duas equipas lutam pela permanência, mas parece que o Desportivo já garantiu o lugar na fina-flor do nosso futebol. 2-2 foi o resultado final. Os huilanos adiantaram-se no marcador por Avex e Malamba, aos 17′ e 71′ respectivamente, mas os estudantes do Lobito igualaram por Ruben aos 82′ e Vado aos 90′. Os lobitangas que precisavam de uma vitória para se livrarem da zona de despromoção.

Quem também se encontra na mesma zona é a outra equipa de Benguela, o 1º de Maio foi ao Kwando Kubango perder com o 4 de Abril por 2-1. Os proletários de Benguela ainda marcaram primeiro, mas os caseiros, superiormente orientado pela rapousa do nosso futebol, João Machado, viraram o resultado, somando mais uma vitória importante rumo a permanência.

Permanência essa que definitivamente fugiu ao Porcelana F.C do Kwanza-Norte. Os kwanza-nortenhos perderam por 3-0 diante do Progresso da Lunda-Sul, Hervé Ndonga, com dois golos, foi o responsável pela queda já há muito anunciada do representado do Norte do Kwanza no “Girabola”.

Em Luanda, o empolgado Petro de Luanda recebeu e partiu às “asas” ao Atlético Sport Aviação no “11 de Novembro”, num jogo muito bem disputado e repartido em partes, os aviadores ainda aguentaram-se no primeiro tempo, mas, logo no primeiro minuto do segundo tempo, Carlinhos, de cabeça, respondeu positivamente o cruzamento de Mateus, levando ao delírio os adeptos petrolíferos.

image

Depois do primeiro golo, o Petro assumiu completamente o jogo, e uma vez mais de cabeça aos 63′, o ponta-de-lança Fabrício finaliza o cruzamento de Job. Hélio aos 71′ fechou a contagem, para não variar, outro golo de cabeça e a festa tricolor nas bancadas do estádio.

Nem com a velocidade de Corola, os aviadores conseguia levantar voo, pois, o domínio petrolífero foi determinante.

 

O SHOW DO REI

Determinante foi mesmo o golo de cabeça marcado por Yano aos 84′ contra o Libolo na “cidadela”. O Rei dos empates venceu ontem, em casa, o Recreativo do Libolo por 1-0. Num jogo em que o Libolo dominou por completo, mas um único lance determinou o desfecho da partida.

Depois de três avisos, Yano apareceu no meio dos centrais libolenses e cabeceou para o fundo das malhas, marcando o golo solitário do jogo.

Boka e Landu, bem que tentaram, mas não foram capazes de evitarem a derrota em Luanda.

Jogo também marcado pelo excesso de compensação que o árbitro José Álvaro deu ao jogo, fazendo jogar 7′ quando exageradamente dera 6′, gerando uma onda de confusão no final da partida, por parte dos sambilas.

image

Com esta derrota, o Libolo atrasou-se na corrida pelo título, ficando à seis do líder, 1º de Agosto e a três do segundo classificado, Petro de Luanda.

O outro Recreativo, o do Huambo, empatou a zero com o Sagrada Esperança da Lunda-Norte. Sem muita história, as duas equipas nada fizeram para triunfar, ambas satisfeitas com a classificação actual, realizaram um jogo pobre, senão o resultado final.

 

A DUPLA “AG” EM ACÇÃO

E quem pretende lutar até ao final do campeonato é o líder. No jogo de destaque da jornada, os militares venceram o Kabuscorp do Palanca por 2-0.

A começar pontualmente às 18h00′, com o entoar do hino “Angola Avante”, foram os rubro-negros a darem o primeiro sinal de perigo, aos 14′ Buá atira ao travessão, num remete em desequilíbrio, o camisola 9 militar voltou a perigar o defesa palanquino com uma bola ao poste aos 31′. 0-0 foi o resultado ao intervalo.

No reatamento o Kabuscorp transfigurou-se, apresentando-se uma equipa muito mais esclarecida, os militares que acusavam a responsabilidade, pois já sabiam os resultados dos seus directos adversários, erravam sempre os lances, Dany Massunguna e o kiper Dominik, davam sinais de desconcentração, foi aí em que apareceu Ary, bem a seu jeito, fez o seu “papel”, marcando na ressaca, depois de um remate de Buá defendido por Rubia, na recarga e fora da área Papel rematou para o fundo das malhas, eram decorridos 75′.

Nem o golo mudou o espírito deagostino, que continuavam trémulos e erravam tudo quanto era passe.

Aos 90+5, Gelson foi rasteirado na área, o árbitro Inácio Rangel, não teve dúvidas em assinalar penalti. Chamado a cobrar, o puto Gelson não tremeu e categoricamente marcou, fazendo o 2-0 para os militares, para a alegria dos aficionados rubro-negros presentes no estádio.

image

Depois desta vitória, o 1º de Agosto continua a liderar a prova agora com 80 pontos, mais três que o Petro e mais seis que o Libolo.

Eis os resultados completos da jornada:

1º de Agosto 2×0 Kabuscorp do Palanca
Petro de Luanda 3×0 ASA
Progresso do Sambizanga 1×0 Recreativo do Libolo
Recreativo da Caála 0x0 Sagrada Esperança
Benfica de Luanda 3×1 Interclube
4 de Abril 2×1 1º de Maio
Académica do Lobito 2×2 Desportivo da Huíla
Progresso da Lunda Sul 3×0 Porcelana FC

Disputadas 27 jornada a classificação está assim ordenada:

1º – 60 – 1º de Agosto
2º – 57- Petro de Luanda
3º – 54 – Recreativo do Libolo
4º – 43 – Kabuscorp do Palanca
5º – 40 – Interclube
6º – 38- Progresso da Lunda Sul
7º – 37- Benfica de Luanda
8° – 36 – Progresso do Sambizanga
9° -34 – Sagrada Esperança
10º – 31 – Recreativo da Caála
11º – 30 – ASA
12º – 30 – Desportivo da Huíla
13º – 30 – 4 de Abril
14º – 25 – Académica do Lobito
15º – 23 – 1º de Maio
16º – 18 – Porcelana FC

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Partilha e cria impacto...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe um comentário

1 Comentário em "GIRABOLA. LIBOLO TROPEÇA E ATRASA-SE NA CORRIDA"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
toto
Visitante

RESPECT…

wpDiscuz